Pesadelo: patas queimadas

//Pesadelo: patas queimadas

Pesadelo: patas queimadas

Halloween-blog-01

O gosto musical da equipe da Cãolinária é o mais eclético possível. Por isso, escolhemos uma pérola do cancioneiro popular brasileiro para iniciar este texto bastante sério. Vamos de Roupa Nova? Sim!

É como um sol de verão

Queimando no peito

Tudo bem se você não gosta de Roupa Nova ou se não conhece a música, mas estes versos retratam exatamente como estão as temperaturas, que deveriam ser apenas primaveris, em todo o Brasil.

Se este quase sol de verão nos queima o peito, imagine o que ele pode fazer com as patinhas dos nossos amados durante os passeios…

A dica de hoje vai para que todos tenhamos muita atenção aos horários em que fazemos nossos passeios para exercício e diversão. Se o sol do meio-dia é um criminoso contra nossas peles que estão no ar e refrescadas pelas nossas glândulas sudoríparas, podemos prever o estrago que pode causar nas patas dos cachorros que pisam o asfalto, o concreto e a areia da praia, certo?

Canela-patas

 

Muita atenção ao caminhar do seu bichinho e lembre-se de verificar se nada espetou nas almofadinhas fofas dos seus pés. Com este calor, lembre-se de verificar, também, se não formou nenhuma bolha. Sim, eles também sofrem de bolhas nos pés, como nós. E dói muito, né? Como não queremos que eles se machuquem, prefiram passear nos horários do início da manhã ou no início da noite em que as calçadas e ruas estão mais frescas. Evite o pesadelos das patas queimadas! Se possível, leve seu cão para passear onde haja terra e grama, pois este contato é muito importante pra ele, além de serem tipos de solo mais fresquinhos e o calor será menos agressivo com seus pezinhos.

By | 2014-11-13T19:44:06+00:00 outubro 30th, 2014|Dicas|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment