Golden Paste / Pasta Dourada

/, Dicas/Golden Paste / Pasta Dourada

Golden Paste / Pasta Dourada

Beneficios-do-acafrao-da-terra

 

Os pais de cães e gatinhos adeptos da Alimentação Natural não param um minuto, sempre procurando novidades sobre alimentação, saúde e trocas de ideias e experiências com outros tutores e veterinários.
Numa dessas conversas com alguns tutores australianos (é, a Cãolinária vai longe pra trazer novidades), eles nos contaram que começaram a introduzir a golden paste na alimentação dos cães e que têm tido resultados surpreendentes.

A pasta dourada já vinha sendo utilizada por humanos, principalmente na prevenção do câncer e no combate às alergias, como as de pele. Os resultados foram significativos e um pequeno grupo começou a utilizar também na alimentação dos cães. A notícia logo se espalhou e muitos adeptos da AN começaram a usar tal pasta como suplementação diária.
O médico veterinário australiano Dr Doug English, “inventor” da pasta dourada (golden paste), tem notado cada vez mais resultados significativos e, por isso, formulou a quantidade necessária para cães.

Mas o que é essa pasta dourada?

Já falamos sobre os poderes da cúrcuma aqui e a Golden paste nada mais é do que essa cúrcuma potencializada, apresentando as seguintes características benéficas:

  • É um super antioxidante;
  • É um anti-inflamatório natural e eficaz;
  • Auxilia na prevenção e no tratamento de alguns tipos de câncer;
  • Protege o fígado de toxinas maléficas;
  • Trata alergias da pele.

 

Para preparar a Pasta Dourada em casa, você vai precisar de:

  • 1/2 xícara de cúrcuma (ou açafrão da terra) em pó (caso use o tubérculo rale ele no ralador bem fininho até que vire pó)
  • 1 xícara de chá de água filtrada
  • 1 colher de chá rasa de pimenta do reino moída na hora (é ela quem irá potencializar o benefício da cúrcuma)
  • 1/4 xícara de óleo de coco extra virgem

 

Preparo

  • Misture a cúrcuma em pó com a água em uma panela. Coloque a mistura em fogo médio e mexa até engrossar. Ao engrossar, baixe o fogo e deixe cozinhar por cerca de 7 a 10 minutos até formar uma pasta grossa.
  • Ao se tornar uma pasta, moa a pimenta e acrescente-a à mistura. Acrescente também o óleo de coco e mexa.
  • Quando esfriar, coloque a massa em um pote de vidro vedado, armazene na geladeira por, no máximo, 3 semanas.

 

 

Antes de introduzir qualquer alimento ou suplemento à dieta do seu animalzinho, procure um médico veterinário especialista em nutrição ou o zootecnista para que ele o oriente da melhor maneira possível, respeitando a saúde e o bem-estar do seu peludinho.

By | 2016-04-12T17:11:56+00:00 abril 18th, 2016|Alimentação Natural Caseira, Dicas|9 Comments

About the Author:

9 Comments

  1. mylena jhannayna 18 de abril de 2016 at 12:15 - Reply

    Muito bem vinda essa pasta, mas minha duvida é: qual a quantidade a ser ofertado por dia para cada porte de animal? Tenho um lhasa de 1ano e 10meses q faz a AN desde os 6 meses.
    Já utilizo o açafrão na an dela, sendo uma colher de café ao dia.
    Obrigada por vcs existirem.

    • Cãolinária 19 de abril de 2016 at 11:41 - Reply

      Poxa, Mylena! Que delícia de comentário. Muito obrigada, mesmo!
      Vamos responder a você por e-mail, tudo bem?
      Um grande abraço,
      Equipe Cãolinária

  2. Joci 18 de abril de 2016 at 15:11 - Reply

    Qual a quantidade recomendado para um Lhasa Apso de 7,5 kl com 12 anos ?

    • Cãolinária 19 de abril de 2016 at 11:45 - Reply

      Oi, Joci! Tudo bem?
      Sempre recomendamos que seja consultado o veterinário do animal para que ele indique a quantidade recomendada para o peludinho, com base no porte, na idade e no tipo de alimentação que o cãozinho consome.
      Muito obrigada pelo comentário!
      Equipe Cãolinária

  3. Luciana Conde 23 de abril de 2016 at 14:45 - Reply

    Oi boa tarde! Meu nome é Luciana e eu tenho uma bulldog ingles que come AN a 2,5 meses! Eu já uso 1 colher de chá de óleo de coco por refeição, então caso eu vá servir a golden pasta, eu teria que retirar o óleo de coco das refeições dela? E qual quantidade eu devo oferecer?! Obrigada!!

    • Cãolinária 25 de abril de 2016 at 14:32 - Reply

      Oi Luciana.
      Primeira coisa é perguntar para o médico veterinário se sua cachorrinha está liberada para suplementar a dieta com golden paste, devido principalmente à pimenta que vai na pasta.
      (Talvez ele prefira que você substitua por gengibre, por exemplo, então fale com ele antes).
      Devido à presença do óleo de coco na golden paste, você realmente precisaria deixar de suplementar com o óleo de coco puro nos dias em que usar a golden paste.
      A quantidade indicada é de 1/4 de uma colher de chá a cada 4kg do animalzinho (da “animalzinha”, no caso da sua pequena).
      Parabéns por ter optado por uma alimentação saudável!
      Se ainda tiverem restado dúvidas, por favor, contate-nos!

      • Luciana Conde 13 de junho de 2016 at 10:27 - Reply

        Oi meninas! A vet realmente disse que é melhor usar o gengibre no caso da Spikinha! É só substituir pela msm quantidade? Uso ele ralado?! Obrigada

        • Cãolinária 14 de junho de 2016 at 15:54 - Reply

          Oi, Luciana! Tudo bem? Como gengibre também é um complemento, vale a pena confirmar a quantidade indicada para sua Spikinha. Como o sabor dele é mais forte, realmente é melhor utilizá-lo ralado. Esperamos que a pequena adore!

  4. Lava-Patas – Cãolinária 13 de junho de 2016 at 11:19 - Reply

    […] mundo pediu essa receitinha lá no nosso post sobre a Golden Paste, então resolvemos compartilhar com todos. Lembrando que a receitinha não opera milagre, ela […]

Leave A Comment