Gatos e AN

semana-gatos-capa

 

Hoje, como prometido, iniciamos nossa SeMIAUna Especial para Gatinhos na Cãolinária. \o/

Quem já ouviu e/ou proferiu a frase: “meu gato é muito exigente na hora das refeições”?

Pois bem, a frase é a mais pura verdade! Isso porque os gatos domésticos descendem de um felino do deserto africano Felis lybica, um carnívoro com características que o permitem extrair o máximo de umidade do alimento.

Os gatos são 100% carnívoros, isso quer dizer, eles se alimentam exclusivamente de outros animais e, por serem assim, eles não conseguem metabolizar certos alimentos encontrados em alguns vegetais. Em compensação, a taurina é indispensável para sua saúde.

Explicando o tecniquês  empregado aqui, taurina é um aminoácido essencial para os olhos e o coração, presente nas carnes cruas.

Na natureza, os gatos caçam para comer. Por isso, eles correm atrás de presas e parecem se divertir muito ao fazer isso. Basicamente, é um treinamento dos seus instintos mais primitivos. A grande maioria dos gateiros sabe o que é ser presenteado com um passarinho sem cabeça, uma lagartixa pela metade ou um pequeno camundongo, não é mesmo? Isso pode parecer nojento para nós. E, aos olhos dos peludos felinos, somos muito ingratos ao não demonstrarmos gratidão eterna pelo presente recebido. Ah aquelas carinhas sorridentes entregando uma barata morta… Eles foram valentes e caçaram para nós: humanos, seres insensíveis.

Ao oferecer a alimentação natural caseira, preste atenção na alegria do bichinho ao receber um pedaço de sardinha ou uma cabeça de galinha. É a sensação que ele sente ao capturar sua presa na natureza.

Outra vantagem da alimentação natural é que ela é úmida, o que auxilia no funcionamento do trato urinário. A dieta desidratada requer maior absorção da água, o que pode gerar uma sobrecarga no funcionamento dos rins, pois seu organismo está preparado para hidratar-se a partir do consumo das suas presas caçadas na natureza e não diretamente de uma fonte de água. Os felinos bebem água de fontes diretas na natureza, claro, mas em menor quantidade.

Assim como para os cachorros, também são aplicados os 3 tipos de AN para gatos:

– AN crua com ossos

– AN crua sem ossos (apenas carnes desossadas)

– AN cozida.

Sininha-caolinaria

 

 

Sempre lembrando que:

– o único profissional capacitado para a escolha e indicação da Alimentação Natural Caseira para o seu bichinho é o veterinário;

– quase nunca o que é bom pro seu gato, é bom para o seu cachorro e vice-versa. Podem haver alimentos benéficos que sejam comuns a ambos, mas o roteiro alimentar é único para cada peludo.

  4 comments for “Gatos e AN

  1. Marlene Messias de Souza
    24 de setembro de 2014 at 17:08

    Na minha casa sempre alimentamos nossos gatos com carnes branca e vermelha cruas ou pré aquecidas, mas ultimamente minha gata deixou de se interessar por elas prefere ração, em compensação o gato é muito chato pra comer qualquer coisa, procuro variar bastante as raçoes, sempre de boa qualidade, e dou iogurte com frutas ou acrescido de um pouquinho de água morna, uma vez que ajuda na hidratação e ele adora, foi desta forma que tivemos nossa gatinha por 21 anos. Abraços, boa sorte e estou adorando as dicas de vocês, e já que meus cachorros adoram frutas vou experimentar a dica dos sorvetes de frutas. Valeu!

    • caolinaria
      26 de setembro de 2014 at 01:50

      Oi Marlene, boa noite! Seja muito bem vinda ao nosso espaço e agradecemos o carinho. <3 Já conversou com o veterinário dos gatinhos sobre a transição entre AN e ração?Um Abraço, querida!

  2. Ismael
    26 de novembro de 2014 at 16:30

    Na verdade o único profissional capacitado para a escolha e indicação da Alimentação Natural Caseira para o seu bichinho é o Zootecnista

    • caolinaria
      2 de dezembro de 2014 at 19:59

      Olá Ismael, boa noite!

      De acordo com o CRMV-SP, art.25 do capítulo 10 e o art. 3 do Decreto-Lei 64704/69 que regulamenta a profissão de Médico Veterinário, o veterinário é capacitado para manusear, preparar e fiscalizar a alimentação do animal, respeitando suas necessidades físicas e biológicas.

      Caso queira divulgar o seu contato como Zootecnista para que possamos incluir na nossa lista de profissionais (sempre nos procuram pedindo recomendações), por favor, nos escreva através do e-mail: contato@caolinaria.com.br

      Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: