Cálcio

Os tutores que fazem uso da AN cozida e AN crua sem ossos na dieta dos seus cães, sabem a importância do complemento de cálcio na alimentação.
O consumo de cálcio adaptado ao tamanho do animal e à sua condição fisiológica, previne doenças causadas pela deficiência nutricional (osteofibrose) ou excesso (calcificação).
Apenas o médico veterinário deve indicar a vitamina e quantidade adequada para cada animal, pois cada ser é único e precisa da quantidade certa na alimentação, até porque se não controlado corretamente, pode fazer muito mal à saúde do bichinho.
Lembre-se: a saúde “começa pela boca”.

Uma boa alimentação é a base de uma vida longa e saudável. O bom senso do responsável e as orientações do médico veterinário podem fazer toda a diferença.
OBS: cães que fazem uso da dieta AN à base de meaty bones não necessitam deste complemento, já que se alimentam dos ossos de proteína animal e por prescrição veterinária, fazem uso da quantidade recomendada.

Segue algumas dicas de como preparar a farinha da casca do ovo (tanto o ovo branco, quanto o vermelho) em casa:
– Mesmo que você não consuma tanto ovo, vale a pena dar uma passada na padaria do seu bairro e pedir para que separem algumas cascas de ovos, assim como açougues que doam ossos descartados, não custa checar se a padaria pode te fornecer.
– Utilizando a farinha da casca de ovo, você está contribuindo para o equilíbrio do Meio Ambiente.
– Prefere guardar as cascas dos ovos que usa em casa? Não tem problema: retire a película (membrana) da casca, lave bem em água corrente e armazene num lugar seco. Quando juntar uma quantidade considerável, está na hora de usá-las.
– Pegue as cascas dos ovos já limpas e bem secas, coloque-as no forno numa temperatura de 180°C e as desidrate por aproximadamente 5 minutos (fique de olho, a temperatura pode variar de forno para forno). Cuidado para não queimá-las e tenha certeza que retirou toda a película em volta da casca, senão a sua casa vai cheirar ovo por um bom tempo e o cheiro não é muito agradável. Coloque as cascas já desidratadas em um liquidificador, ou bata com um mixer, até que vire um pó bem fininho. Pronto, sua farinha está pronta.
Armazene a farinha em um recipiente fechado e limpo, em lugar adequado, dentro de uma dispensa ou na geladeira.
A farinha, se bem armazenada, pode durar de 1 a 2 meses.
Para melhor absorção do cálcio, alguns veterinários recomendam que acrescentem gotinhas de limão, pois o contato com o meio ácido, potencializa seu aproveitamento.
SEMPRE de consultar um veterinário. Não introduza AN por conta própria.
Na internet, há diversas sobre AN e seus tipos. Estude suas variações, veja a que melhor combina com seu bichinho e converse a respeito com o veterinário.
Observe constantemente, o desempenho do seu cachorro durante a alimentação. Se possível, escreva um diário nos três primeiros meses, anotando aquilo que o cachorro mais gosta, suas adaptações com o alimento, mastigação (sim, cães adeptos de AN mastigam a comida), observando engasgos.
Faça a sua lição de casa.

*As fotos são ilustrativas e retiradas da internet.

  1 comment for “Cálcio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: