Banho a seco

//Banho a seco

Banho a seco

O racionamento da falta de água em São Paulo está fazendo todo mundo economizar. E por que não economizar no banho dos pets? Ou até naquele banho improvisado depois do passeio no parque em um domingo?

Pensando nisso, pesquisamos na internet, algumas sugestões do “banho a seco” e corremos até a veterinária das cachorras, Dra. Janaína Reis, para tirar algumas dúvidas:

1) Dra Janaína, o que recomenda paras pessoas economizarem água e manterem seus cães sempre limpos? Esses banhos “a seco” valem também para aqueles domingos que o cachorrinho passa o dia no parque brincando – “banho de emergência”?
R: Esses banhos a secos são indicados em casos onde, o animal não pode receber o banho “tradicional”, como filhotes com menos de 45 dias, animais convalescentes, e situações que impeçam o proprietário de dar banho no animal. Pode ser usado após os passeios em parques ou sítios/chácaras.

2) Quantas vezes por mês, os banhos “a seco” podem ser oferecidos?
R: Não existe um limite de banhos “a seco”, mas o excesso pode causar ressecamento da pele e dos pelos. O ideal seria uma vez por semana. Nas patas e região anal, pode ser realizado diariamente.

3) As dicas na internet que envolvem vinagre, álcool e água para banho secos, são válidas?
R: São válidas sim, mas devem ser usadas com cautela para evitar o ressecamento da pele e dos pelos. É necessário tomar muito cuidado com a região do rosto, pois pode causar irritação dos olhos e mucosas.

4) Qual o número de banhos que um cachorrinho precisa por mês? Por que a higiene deles é tão importante?
R: O número de banhos necessários varia de acordo com a raça, tipo de pelagem e estilo de vida do animal. O recomendado é de 2 a 4 banhos mensais. A higiene da pele está totalmente relacionada com a saúde de todo o organismo do animal. É válido lembrar que muitas doenças sistêmicas podem manifestar os primeiros sintomas na pele do animal. Por isso, o cuidado frequente e observação são tão importantes.

5) Como você recomenda que seja feito o banho a seco?
R: O banho a seco deve ser realizado com um pano limpo ou uma toalha. Após umedecer o pano ou a toalha na solução, passe no corpo todo do animal, tomando cuidado com a região do rosto. Após realizar a limpeza de todo o corpo, é recomendado secar o animal com uma toalha limpa e seca.

Dra. Janaína dos Reis
CRMV-SP 17917
Patas Urbanas
Rua Mateus Grou, 505, Pinheiros.
Tel. 3816-5292
janaina@patasurbanas.com

*********

Seguem 2 sugestões do banho “a seco”:

1) retirada da Revista Meu Pet:
Ingredientes para o preparo:
1 xícara de café de vinagre, de preferência o de maçã
1 xícara de café de álcool
1 litro de água

Misture todos os itens, umedeça o pano nessa mistura, torça e passe no pet. Depois, seque bem a pelagem do animal com uma toalha ou secador, sempre com cuidado para não queimá-lo ou assustá-lo.
(não utilize muito a solução para que seu cãozinho não resseque a pele. Observe se ele está agindo bem com o preparo, em caso de dúvidas consulte um veterinário). Essa solução não é recomendada se o seu peludo sofre de alguma alergia na pele.

2) A segunda dica é que o banho “a seco” seja realizado com lencinhos umedecidos, próprios para os pets, que encontramos em petshops. Essa sugestão é da Dra. Janaína e em casa, todos aprovamos. Principalmente, a Nina que prefere muito mais o banho a seco.

 

10616686_458889217586930_337345329981174033_n

By | 2014-09-01T03:34:19+00:00 setembro 1st, 2014|Dicas|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment